Seu ip: 54.160.245.121

Corrigir Timezone Ubuntu (Beta) no Windows 10


Esta dica serve para o novo recurso do windows 10 que conta com uma versão beta do Ubuntu 14.04.
O timezone no Ubunto fica por padrão o UTC, para modificar exclua o arquivo localtime e crie um novo link com o novo localtime para BRT:
 
#Exclua o arquivo:
rm -Rf /etc/localtime
 
#Crie um link para o novo arquivo do localtime para São Paulo:
ln -s /usr/share/zoneinfo/America/Sao_Paulo /etc/localtime
 
Teste com o comando date:
Sex Ago 12 10:29:20 BRT 2016


Windows, Linux, Terminal, Data

Comando "du" no terminal para ver o tamanho dos primeiros diretórios


Para mostrar somente os primeiros diretórios das pastas a serem listadas utilize o comando du e indique a profundidade máxima que ele deve mostrar, neste caso e profundidade "1" para somente um diretório para dois utilize 2 e assim por diante, para que apareça o tamanho dos arquivos em "K, M ou GB" utilize o -h (interface humana).
du --max-depth=1 -h /var
Exemplo:
4,0K    ./local
4,8M    ./www
4,0K    ./tmp
11M    ./log
0    ./lock
4,0K    ./games
306M    ./lib
4,0K    ./opt
6,8M    ./backups
924M    ./cache
228K    ./run
4,0K    ./mail
164K    ./spool
1,3G    .


Terminal, Linux, du

Linhas no Vim


Para visualizar as linha no vim basta apertar a tecla Esc com o vim aberto e digitar:
:set number
Para que sempre abrir com as linhas na sua máquina basta editar o arquivo "/etc/vim/vimrc" para isso pode ser usado o próprio Vim, dentro deste arquivo navegue até o final e digite:
setlocal number
Salve o arquivo e agora quando o abrir novamente as linhas já aparecerão nas linhas existentes.


Terminal, Linux, Vim

Baixar uma lista de links no terminal


Para baixar uma lista de links usando o terminal no Linux, primeiro crie um arquivo com qualquer nome, pode ser "arquivo.txt" para isso pode ser usado o Vim(Editor de texto no terminal), para baixar use o "wget"(software para baixar arquivos) no terminal:
 
wget -i arquivo.txt
 
Assim os arquivos serão baixados para o deretório onde você está no terminal.


Terminal, Linux, Wget

Funções de datas - Terminal Linux


Vejam alguns exemplos de uso data pelo terminal Linux.
Para visualizar a data do dia basta digitar o comando data no terminal porém se você esta querendo buscar outras datas veja abaixo:
Nos exemplos abaixo foi feita a pesquisa de datas para o primeiro e último dia de cada mês.
Nas consultas a seguir irá aparecer no terminal a data configurada como: AnoMêsDia
Ex: 20160101

Para o último dia do mês passado use:

Ex: date -d "-$(date +%d) days 0 month"  +%Y%m%d

Para o último dia do mês atual:

Ex: date -d "-$(date +%d) days +1 month"  +%Y%m%d

Para o último dia do mês seguinte altere para "+2 month"

Ex: date -d "-$(date +%d) days +2 month"  +%Y%m%d

#######################

Para o primeiro dia do mês passado:

Ex: date -d "-1 month -$(($(date +%d)-1)) days"   +%Y%m%d

Para o primeiro dia do mês atual altere  para "0 month"

Ex: date -d "0 month -$((10#$(date +%d)-1)) day"  +%Y%m%d

Para o primeiro dia do mês seguinte altere  para "+1 month"

Ex: date -d "+1 month -$(($(date +%d)-1)) days"   +%Y%m%d


Linux, Terminal, Data

Lista de Máscaras de sub-rede


Veja todas as Máscaras de sub-rede:

    128.0.0.0 /1
    192.0.0.0 /2
    224.0.0.0 /3
    240.0.0.0 /4
    248.0.0.0 /5
    252.0.0.0 /6
    254.0.0.0 /7
    255.0.0.0 /8
    255.128.0.0 /9
    255.192.0.0 /10
    255.224.0.0 /11
    255.240.0.0 /12
    255.248.0.0 /13
    255.252.0.0 /14
    255.254.0.0 /15
    255.255.0.0 /16
    255.255.128.0 /17
    255.255.192.0 /18
    255.255.224.0 /19
    255.255.240.0 /20
    255.255.248.0 /21
    255.255.252.0 /22
    255.255.254.0 /23
    255.255.255.0 /24
    255.255.255.128 /25
    255.255.255.192 /26
    255.255.255.224 /27
    255.255.255.240 /28
    255.255.255.248 /29
    255.255.255.252 /30
    255.255.255.254 /31


Rede, Sub-rede

Exportando uma tabela de um banco MySQL para arquivo .sql via terminal Linux


Abaixo confira como exportar uma tabela de um banco de Dados MySQL para um arquivo .sql e .csv facilmente utilizando o terminal do Linux.

Acesse o banco de dados:

Digite: mysql -u <usuario> -p<senha>
Depois execute as consulta encaminhando-as para um arquivo desejado:
 
//Exporta tabela "tb_consulta" do banco "db_banco" para arquivo tb_consulta.csv no diretorio /tmp
SELECT * FROM db_banco.tb_consulta INTO OUTFILE '/tmp/tb_consulta.csv' FIELDS TERMINATED BY ',' ENCLOSED BY '"' LINES TERMINATED BY '\n';

//Printa na tela os dados da tabela tb_consulta
SELECT * FROM db_banco.tb_consulta;

//Conta quantidades de linha da tabela tb_consulta
SELECT COUNT(*) FROM db_banco.tb_consulta;

//Exporta tabela "tb_consulta" do banco "tb_banco" para arquivo .sql
mysqldump -u <usuario> -p<senha> db_banco tb_consulta > /tmp/tb_consulta.sql
 
//Importa tabela "tb_consulta" do banco "tb_banco" para arquivo .sql
mysqldump -u <usuario> -p<senha> db_banco tb_consulta < /tmp/tb_consulta.sql


Linux, Terminal, MySQL